Folha Gente
09/09/2012

Veterinária londrinense atua como voluntária em templo budista na Tailândia


Imagine ter contato diário com mais de 100 tigres, além de outras espécies de animais silvestres e domésticos de grande porte. Viver em um templo budista onde é necessário reservar momentos para silenciar a alma e meditar pelo menos duas vezes ao dia: pela manhã e ao pôr-do-sol. Conviver com cerca de 20 monges que se comunicam apenas em tailandês e que exigem um tratamento respeitoso e diferenciado.

Há quase seis meses, esta é a rotina da veterinária londrinense - formada em 2011 pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) -, Bianca Ribeiro de Souza, 22 anos. Após ser selecionada para atuar como voluntária no Templo dos Tigres na Tailândia (Tiger Temple Thailand), embarcou em março deste ano para o país do sudoeste asiático, onde ''tem vivido uma experiência singular'', conforme ela própria define.

''Sempre tive uma paixão muito grande por espécies silvestres e trabalhar com esses animais tão incríveis era um sonho'', conta Bianca à reportagem da FOLHA, por e-mail.


Leia a reportagem completa de Paula Costa Bonini em conteúdo exclusivo para assinantes da FOLHA.

Redação FolhaWeb
Outras notícias desta editoria
PUBLICIDADE
Top Folha