Folha da Sexta
14/09/2012 -- 11h23

Fitoterapia e terapia floral se complementam e ajudam no equilíbrio energético

Chá de camomila acalma, suco de maracujá dá sono, chá de boldo é digestivo. São conhecimentos passados de geração para geração e que envolvem o poder curativo das plantas. E é com estes princípios que a fitoterapia trabalha. De acordo com a nutricionista e fitoterapeuta Juliana Múrcia de Souza Ikoma, de Londrina, a fitoterapia é o estudo, tratamento e cura por meio das plantas medicinais que podem ser transformadas em pomadas, cápsulas, chás ou xaropes.

A fitoterapia é reconhecida pelo Ministério da Saúde e atualmente há profissionais que realizam este tipo de tratamento nas Unidades Básicas de Saúde. ''O custo é mais baixo e o resultado é tão bom quanto o apresentado pelos medicamentos alopáticos'', diz. De acordo com Juliana, há fitoterápicos para todo tipo de sintoma e o resultado apresentado é tão rápido quanto o de um remédio convencional. ''É interessante porque em uma única fórmula nós podemos associar diversas plantas com a mesma função. Isso potencializa o efeito e otimiza o tratamento'', afirma.

Leia a reportagem completa de Michelle Aligleri em conteúdo exclusivo para assinantes da FOLHA.

Leia Também:

'Minha vida mudou para melhor'

Redação FolhaWeb
Outras notícias desta editoria
Comentários
Comente esta notícia
É necessário que você esteja logado, clique aqui para se cadastrar ou logar
 
PUBLICIDADE
Top Folha