Geral
13/08/2012 -- 00h00

Briga de irmãos em Indianópolis termina em morte

Polícia Militar também investiga dois casos de violência ocorridos na madrugada passada no Norte Pioneiro

Uma briga de irmãos terminou em morte na noite de sábado em Indianópolis (Noroeste). O fratricídio teria acontecido às 21h10 durante um churrasco realizado na Rua Guarani.

Segundo dados da Polícia Militar, os dois conversavam normalmente, mas passaram a discutir por um motivo banal. Genivaldo Rodrigues da Silva, de 24 anos, natural de Maringá, desferiu uma facada contra Everaldo N. da Silva, 26, de Amambaia (MT), que residia na cidade há pouco mais de seis meses. O autor do crime já possuía passagem pela polícia por porte ilegal de arma.

A Polícia Militar foi acionada, prendeu o jovem em flagrante e o conduziu a Delegacia de Polícia de Cianorte, onde o caçula confessou o crime. A vítima chegou a ser socorrida e levada ao hospital municipal de Indianópolis, mas não resistiu ao ferimento. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Campo Mourão (Noroeste) e o sepultamento será em Umuarama (Noroeste).

A PM também investiga dois casos de violência ocorridos na madrugada de ontem no Norte Pioneiro. Em Cornélio Procópio, a polícia apura as circunstâncias da morte do pedreiro Paulo Rui Vitório, 39, morador do Conjunto João Rocha cujo corpo foi encontrado sobre a linha do trem, no Jardim Panorama. Há suspeita de homicídio. O corpo foi encaminhado ao IML. Segundo informações da Polícia Militar, o corpo apresentava sinais de afundamento do crânio, tortura e a boca da vítima estava cheia de grama. A vítima tinha passagem por agressão.

Em Andirá, o corpo do David William Pereira, 28, foi encontrado na manhã de ontem em uma Rua da Vila Industrial com dois tiros no tórax. Segundo a polícia, o crime pode estar relacionado ao tráfico de drogas no bairro.

Curitiba


Dois homicídios foram registrados ontem, em bairros onde foram instaladas Unidades Paraná Seguro (UPS) em Curitiba. José Mauro Ferreira Pinto, 41, foi assassinado pela manhã na Rua Orestes Thá, nas proximidades da UPS da Vila Nossa Senhora da Luz, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). E no início da tarde, no bairro Uberaba, Cleverson Eduardo da Rocha, 20, foi executado na Rua José Gomes de Mello. Segundo a polícia, Rocha, que foi atingido por dois tiros na cabeça, já esteve preso e pelos crimes de furto e receptação. O bairro recebeu a primeira UPS da Capital em março deste ano. Os dois casos estão sendo investigados pela Delegacia de Homicídios. (Com Equipe Folha e Equipe Bonde)

Vítor Ogawa e Lúcio Flávio Moura

Reportagem Local
Outras notícias desta editoria
Comentários
Comente esta notícia
É necessário que você esteja logado, clique aqui para se cadastrar ou logar
 
PUBLICIDADE