Folha Gente
16/09/2012 -- 00h00

'Vestir-se é um estado de espírito'

A história é clássica. Moça bonita mergulha no universo da moda por inspiração familiar, se encanta e enxerga ali uma boa oportunidade de negócios. Foi mais ou menos assim que Sarita Pfeifer tornou-se um nome conhecido dentro e fora de Londrina quando o assunto é vestido de festa.

O tino para a moda já era visível desde quando ela, hoje com 36 anos, era uma criança. Cortava bonequinhas em revistas, colava roupinhas e mudava o look de todas as bonecas que ganhava. Quando moça, resolveu fazer um curso de Desenho de Moda, no Senac. Na mesma época, passou na faculdade de Fonoaudiologia. O tempo era dividido entre os livros e o trabalho ao lado de sua mãe, Eliane Donadel, que acabava de inaugurar uma primorosa loja de roupas.

''Eu montava vitrine, organizava desfiles e eventos da loja. Fiquei trabalhando com minha mãe durante 16 anos. Nesse tempo casei, me formei e fui gerenciar a segunda loja que ela inaugurou, dessa vez em um shopping'', relembra.

Leia a reportagem completa de Elaine Souza em conteúdo exclusivo para assinantes da FOLHA.

Redação FolhaWeb
Outras notícias desta editoria
Comentários
Comente esta notícia
É necessário que você esteja logado, clique aqui para se cadastrar ou logar
 
PUBLICIDADE
Top Folha