Folha 2
18/01/2014 -- 00h00

Record estreia ‘Milagres de Jesus’

Chico Rasta/Record
Episódio "A Pesca Maravilhosa" abre a minissérie na quarta-feira
São Paulo - Seguindo a tradição de estrear uma minissérie bíblica a cada ano, a Record começa a exibir "Milagres de Jesus" na próxima quarta, às 21h30. Diferentemente das outras produções, a atração deverá contar uma história distinta a cada episódio. "Essa talvez seja a nossa maior dificuldade nesse trabalho, pois estamos gravando histórias paralelas com elencos diferentes", comenta o diretor-geral João Camargo, que assinou o sucesso "Sansão e Dalila" (2011) na emissora.

Cada um dos 18 episódios mostrará passagens da Bíblia em que pessoas comuns enfrentam dificuldades e são surpreendidas por um milagre. "Esse é um dos diferenciais da trama, pois a história se aprofunda na vida dos personagens, mostra como eles seguiam as leis da época e como tiveram sua fé colocada à prova", diz o ator Caio Junqueira, que interpreta Simão, protagonista do episódio "A Pesca Maravilhosa", que abre a minissérie.

No enredo, o pescador, que na história da Bíblia se tornou discípulo de Jesus passando a se chamar Pedro, será pressionado por Onias (Jorge Cerruti) a conseguir uma grande quantidade de peixes a fim de pagar pelos barcos e também pelos altos impostos. "Mesmo sendo incentivado a conhecer os ensinamentos de Jesus, que curou sua sogra, ele não quer acreditar. Só o milagre da grande pesca fará com que Simão acredite no Messias", fala Junqueira. "Depois disso, ele se torna Pedro, o discípulo predileto de Jesus, e passa a segui-lo", complementa o ator, que deve aparecer em outros episódios da minissérie.

Outra história que deve emocionar o público é a do ambicioso Barzilai (Milhem Cortaz), no episódio "O Leproso de Genesaré". Com o desejo de enriquecer e de dar uma vida melhor à mulher, Judith (Marcella Muniz), e à filha, Livana (Juliana Xavier), ele acaba negando ajuda a um leproso. "Barzilai é um homem íntegro, mas que seguia à risca as leis tortas da época e, por isso, se nega a dar a ele um peixe. Além disso, apedreja um leproso, que era banido das cidades daquele tempo", conta Cortaz.

Barzilai ainda se negará a ajudar Rayna (Ana Paula Secco), a melhor amiga de sua mulher, que é abandonada pelo marido e passa a ser considerada impura. Mas ele acaba sendo surpreendido pelo destino quando surgem feridas em seu corpo. "Ele, então, abandona a família e vivencia o sofrimento de um leproso. A vida o aproxima de Job [José Dumont], aquele que ele apedrejou no passado", adianta Cortaz. "Essa passagem da Bíblia fala do amor simples, da amizade e dos valores que o ser humano carrega", complementa o ator.

Outra surpresa de "Milagres de Jesus" é a forma como Jesus deve aparecer em cena. Embora esteja presente em todos os episódios, sua face não será revelada ao público. "Há um ator que o interpreta, e ele sempre será o mesmo. A forma como ele será mostrado é o charme da minissérie", revela o diretor Camargo, em tom de mistério.

Alex Francisco
Folhapress
Outras notícias desta editoria
Comentários
Comente esta notícia
É necessário que você esteja logado, clique aqui para se cadastrar ou logar
 
PUBLICIDADE