Mundo
21/09/2012 -- 00h00

Louco Barrera pode ser extraditado

Brasília - O governo do presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, confirmou que vai pedir às autoridades da Venezuela a extradição do narcotraficante Daniel Barrera, conhecido como Louco Barrera, preso terça-feira na cidade venezuelana de San Cristóbal, no Sudeste do país. O traficante era um dos mais procurados, inclusive com o alerta da Polícia Internacional, a Interpol. Os Estados Unidos também pediram a extradição de Louco Barrera.

O ministro da Justiça da Colômbia, Ruth Correa Stella, disse anteontem que o pedido de extradição é para que Louco Barrera cumpra parte de sua pena no país. De acordo com o procurador-geral da República da Colômbia, Eduardo Montealegre, ele deverá enfrentar, pelo menos, um processo por tráfico de drogas e sequestro de bens, além de mais quatro sobre crimes relacionados a essas práticas.

Outras notícias desta editoria
Comentários
Comente esta notícia
É necessário que você esteja logado, clique aqui para se cadastrar ou logar
 
PUBLICIDADE
Top Folha