Esporte
23/09/2012 -- 00h00

Cianorte: a 90 minutos da Série C

Leão do Vale pode até perder por 1 a 0 para o Mogi Mirim, em casa, que ainda sobe para a Terceira Divisão do Campeonato Brasileiro

Divulgação
Paulo Turra quer o time atuando da mesma forma que no domingo passado
O Cianorte está a 90 minutos de mudar sua história e garantir calendário completo para a próxima temporada. O Leão do Vale pode garantir hoje o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro, feito nunca antes obtido. Para isso, pode até perder por 1 a 0 para o Mogi Mirim, às 15h30, no Estádio Albino Turbay, em Cianorte.

A vantagem confortável foi obtida no jogo de ida, disputado domingo passado, em Mogi Mirim. O time paranaense venceu por 2 a 1 e o regulamento da competição coloca os gols fora de casa como principal critério para desempate. Por isso o Leão se classifica ainda se perder por 1 a 0. Com um empate, o time também avança. Para a vaga ficar com os paulistas, eles precisam vencer por dois gols de diferença ou um, desde que seja por 3 a 2 ou mais.

Para ficar com a inédita vaga, a diretoria cianortense quer casa cheia. Cerca de 1,7 mil ingressos foram colocados à venda e a expectativa é que eles se esgotem. "Queremos o estádio abarrotado", convocou o gerente de futebol do clube, Adir Kirst. "É importante o estádio estar cheio porque pode ser um momento histórico no clube. Estamos unindo o nosso planejamento, a vontade dos jogadores e a força da cidade", completou.

Para o técnico Paulo Turra, a vantagem de seu time não vai mudar o jeito que ele joga. "Não muda nada. Temos um padrão de jogo desde o Campeonato Paranaense. Os jogadores sabem o que fazer. Se eles fizerem em campo o que conversamos e treinamos, teremos um bom desempenho e será um bom jogo", afirmou o treinador, em entrevista ao site oficial do clube.

No jogo de ida, ele não pôde contar com o atacante Henrique, um de seus principais jogadores. Ele ainda estava se recuperando de uma lesão. Para o duelo desta tarde, ele será relacionado. O lateral-direito Jackson e o volante Cleiton cumpriram suspensão e voltam ao time. Eles não atuaram em Mogi porque estavam suspensos. Já o zagueiro Ligger, expulso no último jogo, está fora.

No Mogi, o jogo marca a despedida do técnico Guto Ferreira, que deve ser apresentado amanhã como novo comandante da Ponte Preta. Ele substituirá Gilson Kleina, que assumiu o Palmeiras.

Thiago Mossini
Reportagem Local
Outras notícias desta editoria
Comentários
Comente esta notícia
É necessário que você esteja logado, clique aqui para se cadastrar ou logar
 
PUBLICIDADE
Top Folha