Esporte
28/07/2011 -- 00h00

Fifa confirma período da Copa de 2014

Competição será disputada em solo brasileiro de 12 de junho a 13 de julho

AFP Photo/Nelson Almeida
Joseph Blatter explicou o motivo de ter mudado de opinião em relação à preparação brasileira para Copa
Rio - A Fifa anunciou ontem, em evento realizado na Marina da Glória, na zona sul do Rio, as datas da Copa das Confederações de 2013 e da Copa do Mundo de 2014, que serão realizadas no Brasil. O anúncio foi feito pelo secretário geral da entidade, Jerome Valcke, no mesmo lugar onde, no próximo sábado, será feito o sorteio das Eliminatórias do Mundial.

No evento que também contou com a presença do presidente da Fifa, Joseph Blatter, Valcke anunciou que a Copa das Confederações será disputada entre os dias 15 e 30 de junho de 2013, enquanto a Copa do Mundo foi agendada para acontecer entre 12 de junho e 13 de julho do ano seguinte.

A Fifa ainda não anunciou as sedes da próximo Copa das Confederações, mas a tendência é a de que Rio (Maracanã), Belo Horizonte (Mineirão), Porto Alegre (Beira-Rio), Brasília (Estádio Nacional) e Salvador (Fonte Nova) abriguem os duelos da competição, que é a mais importante do calendário do futebol antes da realização da Copa de 2014.

Além de anunciar as datas das duas importantes competições que serão disputadas no Brasil, a Fifa divulgou nesta quarta a distribuição das seleções nos potes do sorteio no qual serão retiradas as bolas com os nomes dos países e definirão a trajetória que cada um deles irá traçar nas Eliminatórias do Mundial nos cinco continentes do planeta.

A Fifa explicou que as seleções foram alocadas em cinco zonas - África, Ásia, Américas do Norte, Central e Caribe, Europa e Oceania - de acordo com o ranking da entidade, lembrando que os todos as seleções das Eliminatórias da América do Sul jogarão num mesmo grupo, em turno e returno - por ser país-sede, o Brasil não precisará disputar o qualificatório do Mundial.

Lapso

O secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke, teve um pequeno lapso, mas garantiu que todos os estádios brasileiros estarão prontos para a Copa-2014. Ele ressaltou, no entanto, que ainda há muito o que fazer na preparação para o evento.

''A maioria dos estádios estará pronto para Copa'', disse o dirigente, inicialmente. Ao perceber a escorregada, ele deu uma parada rápida e depois retificou. ''Todos o estádios estarão prontos. Há muita coisa a fazer. Mas temos um relacionamento forte com o Comitê Organizador. Na preparação houve a mesma preocupação na África do Sul e vocês viram como foi a Copa.''

Ao receber a pergunta sobre os preparativos, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, ironizou ao dizer que a mídia internacional estava bastante interessada na preparação da Copa no Brasil. E explicou porque mudou de opinião em relação ao primeiro semestre, quando chegou a criticar a organização do Mundial.

''É uma tarefa da Fifa pedir tempo a tempo atenção para o Comitê Local. Aquele tempo, fiz aqueles comentários. A preparação aqui no Brasil, em comparação com a África do Sul, estava um pouco atrás. Hoje em dia, tivemos um encontro com o Comitê onde teve um relatório estádio e aeroportos'', disse o presidente.

Agência Estado
Outras notícias desta editoria
Comentários
Comente esta notícia
É necessário que você esteja logado, clique aqui para se cadastrar ou logar
 
PUBLICIDADE
Top Folha